contador



sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Indefinido os nomes das cardeiras que homenageará os baluates das culturas do batuque e do marabaixo na academia amapanese



Nessa sexta feira  (12) as comissões que integram a organização da academia amapaense de batuque e marabaixo, se reuniram nas dependências da igreja jesus de Nazaré para apresentar os nomes das personalidades que darão nomes as cadeiras, de inicio foram apresentados apenas 30 nomes, e diante de reivindicação das comunidades o numero das cadeiras foram ampliadas para 40, segundo o representante da comissão Carlos Piru que ainda integram : Daniella Ramos, Dany Pancadão, Valdi Costa, Ísis Tatiane, José Hozana, Rosivaldo, Rock e Paulo, foi muito difícil chegar a 30 nomes num montante de mais de 150 referencia das duas culturas.

Antes da reunião a redação de Alforriaamapá conversou com o principal idealizador da academia, para padre Paulo, a academia vem com a missão de fundamentar historicamente essas culturas, pois a valorização esta exatamente nisso, o de valorizar e dar conhecimento ao povo amapaense quem foram essas pessoas que fecundaram essas cultura, para isso é necessário um projeto; não um projeto que saia de gabinete como do IMPROIR ou seafro e necessário que as comunidades urbanas e rurais façam parte desse processo.
Na academia não será lugar só do intelectual, será lugar de quem vive na comunidade, pois eles serão responsável de conduzir a manutenção do que ele conhece. “ talvez não temos noção da dimensão do que estamos fazendo, hoje vocês são os verdadeiros protagonistas de sua historia, pois o tambor é sagrado seja ele tocado aonde que que seja”, foi o que ressaltou o padre.



Para o Hozana representante de Mazagão velho,  essa organização estrutural de nossas culturas, tanto do Batuque quanto do Marabaixo é fundamental, pois muitos que embarcam nem conhecem quem foram as pessoas que por séculos foram esquecidas, dessa forma, através da academia essas pessoas serão reconhecidas e a sociedade vai saber quem são e foram eles.

Os trabalhos entorno da criação da academia continuam de certo é que dia 23/03 serão empoçados os titulares das cadeiras para a academia amapaense de batuque e marabaixo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário